Image Map

Gran Torino

Quanto fui ao cinema para assistir “Quem quer ser milionário?”, vi o trailer do Gran Torino. O que mais me chamou a atenção era o fato de que aquele seria o último filme do Clint Eastwood, confesso que esse foi o único fato que me fez ir ao cinema ver o Gran Torino, pois o trailer passava a imagem de que seria um filme super violento e no fim se mostrou um drama de primeira. Adorei
Clint Eastwood em mais uma atuação impecável (ok, ok as vezes ele exagerava no ranzinza) me deixou muito triste com a sua aposentadoria.
O filme conta a historia de um um veterano da Guerra da Coréia, ex-montador de carros da Ford, racista e ranzinza, que mora em um bairro pobre de Detroit, e tem como seus vizinhos, imigrantes da etnia asiática Hmong, que Walt ofende com insultos racistas. Ele ainda tem problemas com a própria família, que o acha ranzinza, antiqüado e com uma paranóia contra coisas asiáticas. Ele passa seus dias fazendo consertos gerais em casas, bebendo na varanda de sua casa, e indo mensalmente ao barbeiro.
Walt encherga erroneamente, nos Hmongs, seus inimigos de guerra, que devastaram a economia do império americano. Mas na verdade, os Hmongs lutaram e se aliaram aos americanos. Depois que socialistas começaram a persegui-los, eles vieram para a América. Algo que Walt não consegue entender, já que é extremamente racista.
Tudo muda na noite que alguém tenta roubar seu Ford Gran Torino
de 1972 de sua garagem, algo que ele guarda com muito carinho.
A pessoa que tenta roubar-lhe o carro é Thao seu vizinho Hmong. Sob pressão de uma gangue de Hmongs, Thao tenta roubar o Gran Torino da garagem de Walt, que, empunhando seu rifle usado na guerra, surpreende-o.
A mãe, envergonhada, e a irmã de Thao, Sue obrigam Thao a trabalhar para Walt por um período de tempo. O fato de Walt ter salvo Thao da gangue que queria castigá-lo por ter falhado em roubar o Gran Torino, também ajuda a família de Thao a considerá-lo um herói local. Nesse período de tempo, Walt encherga em Thao, um bom menino e cavalheiro, diferente da juventude de hoje que Walt despreza, enquanto Sue cativa Walt e o faz enchergar certas verdades sobre seu povo, e sobre si mesmo tambem.
Uns dos melhores filmes de todos os tempo, vale a pena conferir.

11 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Boa indicação, Ingridtje.

    Nossa, nem sabia que esse é o último filme do Eastwood, entristeci agora...

    Já não bastesse esse fato, com esse bom "apanhado" sobre a trama que você fez, me motivaram bastante para assisti-lo.

    Abraço,

    Sofista Minimus.
    http://deseptemartibus.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Confesso que não li seu texto todo, fiquei com medo de saber demais sobre o filme. eu queria ver. Gosto muito do Clint como diretor. Será mesmo o último filme. Sei não...
    Vai nessa.


    Comente contos baseados em fatos reais, e com muito humor.
    http://bemcontar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. valeu pela indicação e parabéns pela excelente crítica

    ResponderExcluir
  5. aahhh
    fiquei com vontade de assistir agora!
    sua culpa hehehehhee
    parace ser bem legal o filme
    boa postagem, parabéns!
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá, Ingridtje!

    Humm, ótima indicação. Eu tinha visto trailer e fiquei com vontade de assitir, depois uns amigos assitiram e me falaram tanto do filme... Mas ainda não tive tempo para ir ao cinema.

    Estou acompanhando o seu blog!

    Beijos e até mais!

    ResponderExcluir
  7. é... quando eu finalmente consegui tempo pra ver esse filme... ele saiu de cartaz =/... saiu mto rápido, cheguei a cogitar que o filme teria sido um desastre, agora só me resta esperar o dvd.

    ResponderExcluir
  8. Amiga, não é a primeira vez que o ator anuncia sua aposentadoria e depois se arrepende.
    Não fique triste. Aposto que ele volta.
    Bjssssssss, Karina K

    ResponderExcluir
  9. Ingridtje eu sou contrario a sua opinião,pois o final alem de ser um contra senso a realidade vai contra a espectativa do publico,o enredo so pecou no final,agora a atuaçao realmente ixagera no mal humor de Clint e o nome do filme nao tem muito haver com a moral q se passa,enfim nao gostei do filme.

    ResponderExcluir
  10. Adorei este filme.. (Drama)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Blog Dona Ingrid © Copyright 2014.I Layout por Papeterie d'amour-Design I Programação por Heart Ideas – soluções criativas.